Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias MAPP 2018: Governo do Ceará reforça ações de infraestrutura para receber novos investidores e mais turistas
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
MAPP 2018: Governo do Ceará reforça ações de infraestrutura para receber novos investidores e mais turistas PDF Imprimir E-mail
Dom, 21 de Janeiro de 2018 11:48

Por meio do Sistema de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP), os membros do Governo traçaram definições estratégicas para que o Estado continue a construir cenário favorável ao desenvolvimento econômico. Durante o encontro, por exemplo, foram tratados assuntos como novas estradas e projetos para a capacitação de pessoal e melhoria dos serviços em todo o Ceará. “Temos mais de 1000 quilômetros de rodovias sendo construídas, pavimentadas ou duplicadas. Vamos dar toda infraestrutura necessárias para receber bem os turistas que visitarão o estado”, complementou o chefe do Executivo.

Investir e desburocratizar

Ao longo de debates e levantamento de informações, os gestores firmaram compromisso para que – através da conclusão de obras, seguimento de ações, negociações e mais políticas públicas – o Estado evolua em todas as áreas e se fortaleça como o local ideal para movimentações econômicas, industriais, turísticas, dentre outras. Para o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), César Ribeiro, essa articulação no início do ano, através do MAPP, é de enorme importância para renovar o rigor dos planejamentos, além de dar ainda mais unidade ao trabalho de todas as secretarias e órgãos vinculados do Governo do Ceará.

“O Ceará tem feito trabalho muito forte de investimento em todas as áreas necessárias para ter ambiência para receber grandes investimentos, ligados a infraestrutura, educação, saúde, toda a parte de turismo, além de incentivos fiscais, apoio aos investidores interessados em vir para o Estado. O Governo espera injetar mais de R$ 8 bilhões no biênio 2017-2018, e também cria ferramentas para a desburocratização de negociações e acelerar o crescimento econômico, como o Ceará Veloz, por exemplo”, afirmou o secretário.

Outras áreas

Áreas prioritárias como Segurança, Saúde, Educação e Infraestrutura Hídrica também foram amplamente debatidas neste sábado, durante o segundo dia de MAPP. Diante do quadro da seca mais severa da história do Estado, o Governo do Ceará tem se empenhado nos últimos anos em garantir investimentos para reforçar a infraestrutura hídrica dos municípios cearenses. A medida envolve série de ações de contingência, como aquisições de equipamentos para perfurar poços profundos, adaptar novas fontes de água para a população, recursos de dessalinização, dentre outras.

O secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, afirmou que, durante o MAPP, o governador Camilo Santana pediu mais celeridade nas obras e políticas voltadas a garantir o abastecimento de água para todos os municípios cearenses. “Nós estamos numa situação crítica, que já vem se estendendo a seca mais severa de toda a história, por mais de seis anos. Mas estamos com a situação sendo controlada. Nós temos trabalhado muito nos últimos três anos em ações para diversificar as fontes hídricas das regiões metropolitanas, trabalhando com áreas subterrâneas, reuso de água, usando fontes como o açude Maranguapinho para atender o sistema metropolitano, que vai passar de 200 litros por segundo para 400 litros por segundo”, disse Teixeira.

Em 2018, o monitoramento dos planos de governo será intensificado na área de Segurança Hídrica. Serão mais ações estruturantes, de médio e longo prazo, como também elaboração de novas políticas. “O governador nos cobrou agilidade para começar a planta de dessalinização, por exemplo. A Cagece deverá receber os estudos em abril. Em maio e junho deverá ser licitada obra”, adiantou.

MAPP 2018

Na última sexta-feira (19), o Governo do Ceará deu início às reuniões de monitoramento de ações. O destaque do primeiro dia de programação ficou por conta da apresentação de balanços dos principais dados de 2017. A temática do equilíbrio econômico do Ceará serviu de ponto de partida para diversas pautas discutidas no evento.

O balanço de 2017 apontou o Ceará mais uma vez como o Estado mais equilibrado financeiramente e o que mais investe. No ano passado, foram investidos cerca de R$ 2,48 bilhões em ações estaduais, superando 2016, quando o valor chegou aos R$ 2,1 bilhões.

Cada secretário teve 13 minutos para apresentar as principais ações de 2017 e os projetos deste ano. O primeiro a apresentar os dados foi o secretário da Fazenda, Mauro Filho, seguido pelo gestor do Planejamento e Gestão, Maia Júnior. Em seguida, vieram as secretarias das Cidades, PGE, Infraestrutura, Saúde, Turismo, Educação, Trabalho e Assistência Social, Controladoria e Ouvidoria, Casa Civil, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Justiça e Cidadania, Desenvolvimento Agrário, Esporte, Pesca, Cultura, Recursos Hídricos, Política sobre Drogas, CGD, Ciência e Tecnologia e Segurança Pública.

O que é o MAPP?

Criado para monitorar a carteira de projetos do Governo do Ceará, o MAPP foi instituído em 2007 e desde então é comandado pelo governador como o mais importante sistema de gestão para implantação e acompanhamento das ações realizadas no âmbito estadual. O MAPP tem o objetivo de melhor definir a aplicação dos recursos e monitorar todos os valores investidos pelo Governo, tratando de todas as fases do ciclo de vida de seus projetos – desde a sua proposição até seu encerramento, passando pelos processos de aquisição e contratação, execução, monitoramento e encerramento.

*Fonte: Governo do Ceará

 

Calendário

Fevereiro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 1 2 3